Por que nossa voz é tão diferente quando gravada? A ciência explica!

Quem, quando ouviu sua voz gravada pela primeira vez, não estranhou e até torceu o nariz pelo que ouviu? Automaticamente nos questionamos: Por que a nossa voz é tão diferente do que ouvimos na gravação? Vamos primeiro entender o que é som, de acordo com o dicionário Aurélio: Substantivo masculino. 1. tudo que é captado pelo sentido da audição; ruído, barulho. 2. fís: vibração que se propaga num meio elástico com uma frequência entre 20 e 20.000 Hz, capaz de ser percebida pelo ouvido humano. E como o ouvido humano percebe esses sons? A resposta para esse "mistério" está ligada diretamente aos diferentes caminhos que o som percorre para chegar ao ouvido interno. A "culpa" é da nossa cabeça. Ou

Como trabalhar roteiro com excesso de palavras

Quem ouve um comercial no rádio, na televisão ou até mesmo naquele vídeo na internet, muitas vezes não imagina o caminho que ele percorre até ser veiculado. Geralmente, o anunciante procura uma agência de publicidade que estuda e elabora a campanha publicitária, na qual, entre as peças produzidas, tem o comercial para rádio e/ou TV. O profissional responsável por essa tarefa envia o roteiro pronto para o locutor publicitário fazer a gravação do texto. No entanto, nem sempre é assim. Muitas vezes, a empresa faz o contato direto com o locutor publicitário e solicita o orçamento para determinado comercial, com determinado tempo de duração para ser propagado em tal meio de comunicação. O texto é

Como é mesmo que se fala? (Parte II)

Dando continuidade à série “Como é mesmo que se fala” (a Parte I você pode conferir aqui), fomos buscar outros erros nossos de cada dia, e não é de se surpreender a infinidade de palavras e expressões que são ditas de forma nada correta e que muita gente não se dá conta dos graves erros que cometem rotineiramente. Para começar, seguem dois erros clássicos: Subsídio: Quando escutamos uma autoridade pronunciar com o som de Z “subzídio”, talvez isso seja o zumbido provocado pela gafe que é estarrecedora para muitas pessoas. Mas é melhor pensar que muitas pessoas ainda pronunciam assim por equívoco, ou seja, “subzídio” ao invés de “subcídio”. Recapitulando, subsídio é um substantivo masculino qu

Por que você deve contratar um profissional para narrar seus vídeos institucionais?

Quando o briefing é construído na agência de publicidade e nele a recomendação do cliente é para que a narração do vídeo institucional que está sendo produzido deve ser feita por uma voz masculina, por exemplo, não é apenas isso que deve ser posto à mesa. Não basta ter uma voz agradável. Só porque uma voz é suave e bonita não significa, necessariamente, que é a ideal quando o assunto é prender a atenção do cliente, que ao se deparar com um vídeo narrado, tem naquele momento a opção de ir ou não até o fim da mensagem. É necessário pensar muito além, uma vez que existem mil e uma distrações, principalmente se o vídeo for reproduzido no meio online. Vale salientar que o som da voz de um narrado

Manutenção dos monitores Alesis M1 Active Mk2: como fazer?

Comprei estas caixas de referência em outubro de 2005, e esta é a segunda vez que tenho o mesmo problema. Quando tento ligar, o led pisca, mas o equipamento não funciona. É como se a fonte não conseguisse “dar a partida”. Se insistir, é possível que ligue depois de algum tempo depois da última tentativa, mas não podemos contar com isso, até porque já aconteceu de passar um dia inteiro e não funcionar. Então vamos resolver o problema Na época da primeira ocorrência, em março de 2010, o equipamento já estava fora da garantia do fabricante, então pesquisei na internet para saber se seria possível eu mesmo resolver a questão e acabei descobrindo ESTE BLOG que trata do assunto. Meu inglês é sofrí

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square