Please reload

Posts Recentes

Que tipo de cabine acústica você precisa?

25 Jul 2017

 

 

Hoje em dia você não precisa se preocupar muito em encarar grandes deslocamentos até um estúdio para fazer suas gravações. Na verdade, seja em casa ou na estrada, tudo o que você realmente precisa é um lugar calmo para gravar sua voz. O ponto mais importante sobre o que você, de fato, deve se preocupar, é que esse lugar seja um ambiente acústico que beneficie a sua gravação. 


Isso significa que você precisa de uma cabine vocal. Em geral, cabines vocais podem reduzir muito os ruídos de fundo e/ou externos. Mas como você escolhe uma? Qual tamanho? Quanta insonorização (nível de redução do ruído ambiente) você precisa? 


TRÊS TIPOS BÁSICOS
Não há classificação oficial de cabines vocais, mas, em geral, todos os gabinetes de isolamento sonoro - também chamados de cabines acústicas ou cabines vocais - podem ser organizados em três grupos básicos.


1. Cabine acústica permanente
Estas cabines são mais indicadas para estúdios de gravação construídos profissionalmente, mas há também os projetos do tipo “faça você mesmo” como a conversão de quartos com uma cabine vocal ou um porão em um estúdio de gravação. Tais cabines tornam-se um acessório permanente e não podem ser removidas das instalações facilmente. Aconselho a consulta com um projetista acústico, se quiser alcançar melhores resultados que qualquer uma das opções de cabines prontas.


2. Cabine acústica desmontável 
No Brasil não temos muitos fabricantes de cabines específicas para locução, na verdade, temos fabricantes de cabines audiométricas, cujos produtos são utilizados por muitos colegas locutores para suas gravações. Atendem suficientemente bem na maioria dos casos.


Essencialmente, estas são cabines pré-fabricadas que encontramos no mercado. Como estão prontas para serem montadas após a entrega, facilitam a vida do locutor que mora em casa alugada, pois pode ser desmontada na hora que quiser para ocupar um novo espaço, com extrema facilidade e rapidez. 

 

3. Cabine acústica portátil
Estas são as verdadeiras cabines de som "portáteis" ou "móveis" que você pode levar quando viaja, seja em um carro, trem ou avião. Elas são suficientemente leves e pequenas para serem transportadas por apenas uma pessoa.


Geralmente são construídas como pequenos gabinetes que envolvem todo o microfone ou se apresenta como uma barreira arredondada montada atrás do microfone, que procura proporcionar um ambiente acústico benéfico reduzindo a reverberação. São vendidas como a solução para um locutor viajante permitindo que seja capaz de fazer suas gravações em qualquer lugar. 


Existem vários modelos disponíveis no mercado, mas falando sinceramente, não vejo benefício algum nesses produtos “portáteis”. Os menos ruins oferecem uma barreira na parte traseira e laterais do microfone, que são exatamente seus pontos de baixa sensibilidade e consequentemente não resolvem nada. Outros, que envolvem o microfone, o que fazem é alterar o som captado, abafando as altas frequências que é onde se percebe a reverberação, causando a ilusão de uma solução, mas está estragando o seu timbre junto. Um perigo!


Na minha opinião, e que fique bem claro, que é a minha opinião, quando não temos uma cabine para trabalhar, temos alternativas mais eficientes e baratas do que produtos bonitos que impressionam os leigos. De uma maneira geral opte por fazer sua gravação à noite, momento em que os ruídos externos estão bastante reduzidos, e preferencialmente em um dos 2 locais abaixo:

 

1) O quarto mais silencioso e mobiliado da casa:
Peça para as pessoas fazerem silêncio e se manterem afastadas deste cômodo até que termine a gravação. A mobília ajuda a reduzir a reverberação captada pelo microfone, principalmente cortinas, tapetes, estantes de livros, colchões e sofás. Abra todas as portas dos guarda roupas deste cômodo e escolha o lado mais distante da janela para gravar. 


Sabendo que os microfones que utilizamos são direcionais, os chamados cardioides (clique AQUI para mais detalhes sobre a diretividade dos microfones), você deve apontá-lo para o lado sonoramente menos reflexivo da sala, que é o interior do armário cheio de roupas e se posicionar entre os dois (armário e microfone) para gravar. Assim, a sua voz será captada com o mínimo de interferência da sala, já que os ruídos e sons residuais morrerão nas roupas penduradas e não chegarão ao microfone com intensidade. 


2) Dentro do carro:
Estando o carro estacionado com os vidros fechados em uma rua pouco movimentada ou dentro de uma garagem (melhor ainda) não haverá ruídos externos. Sente-se no centro do banco traseiro para manter qualquer vidro distante, ao menos três vezes mais que a distância da sua boca até o microfone. Isso porque os vidros refletem a sua voz para o microfone causando um efeito chamado filtro pente ou comb filter, indesejado para o nosso tipo de gravação.


Essa regra de distância para os vidros do carro vale para qualquer superfície reflexiva, como parede, porta de armário, etc.


Então você pode perceber que, por mais simples que possa parecer, gravação de voz envolve conceitos acústicos, aos quais normalmente não estamos acostumados, então é bom ter muita atenção com as incríveis soluções que vemos na internet, não acredite em tudo que é dito por aí, ok? 


Quer saber como eu montei o meu próprio estúdio em casa?


Veja AQUI.
E você, que tipo de cabine utiliza? Deixe suas dicas e sugestões nos comentários.
 

Please reload

Siga
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square