Please reload

Posts Recentes

Palavras homógrafas: iguais, mas diferentes

20 Jul 2016

 

Com aproximadamente 280 milhões de falantes, o português é a 5ª língua mais falada no mundo, a 3ª mais falada no hemisfério ocidental e a mais falada no hemisfério sul da Terra, de acordo com o FNDE.

 

A língua portuguesa é uma das mais interessantes do mundo. A nossa gramática é cheia de curiosidades e “pegadinhas” que fazem com que a gente escorregue de vez em quando, e para quem trabalha diretamente com comunicação, é importante ficar atento, pois algumas palavras pedem pronúncia aberta – ou fechada, como se tivesse acento agudo ou circunflexo, exemplos: colhêr (colheita) e colhér (utensílio).

 

Já para dar sentido às palavras, expressões e frases, contamos com a semântica, que estuda o significado e sentido do que falamos e escrevemos. E dentro das variações de sentido, encontramos as palavras homógrafas (homo: mesmo; grafia: escrita) que são iguais na escrita, mas diferentes na pronúncia (como nos exemplos acima).

 

 

Veja outras palavras homógrafas:

 

  • Acordo (entendimento) – acordo (verbo acordar)

  • Acerto (acordo, correção) – acerto (verbo acertar)

  • Borra (resíduo) – borra (verbo borrar)

  • Cerro (elevação, colina) – cerro (verbo cerrar)

  • Choro (pranto) – choro (verbo chorar)

  • Colher (utensílio de mesa) – colher (panhar)

  • Começo (início) – começo (verbo começar)

  • Coro (conjunto de cantores) – coro (verbo corar)

  • Corte (morada do rei) – corte (ato de cortar; verbo cortar)

  • Gosto (sabor) - gosto (verbo gostar)

  • Gozo (prazer; troça) – gozo (verbo gozar)

  • Jogo (divertimento) – jogo (verbo jogar)

  • Molho (líquido, caldo) – molho (feixe; verbo molhar)

  • Olho (órgão da visão) – olho (verbo olhar)

  • Rego (sulco, vala) – rego (verbo regar)

  • Sede (vontade de beber) – sede (lugar)

  • Sobre (em cima) – sobre (verbo sobrar)

  • Torre (coluna) – torre (verbo torrar)

 

Exemplos aplicados em frases: 

 

Eu apaguei o fogo com uma mangueira | Eu colhi uma manga que estava no alto da mangueira.

 

No primeiro exemplo a palavra "mangueira" tem o significado relacionado a um tubo de borracha por onde corre água.

No segundo exemplo a palavra "mangueira" refere-se a uma árvore frutífera, ou seja, a palavra mangueira, possui a mesma grafia, porém significados diferentes, isto dependendo do contexto da frase em que ela está inserida.

 

Confira outros exemplos:

 

Eu gosto de você. (verbo) | Meu gosto é diferente do seu. (substantivo)


A força não é maior que a sabedoria. (substantivo) | Não é ele quem força a tranca para fechar a porta! (verbo)

 

 

Você já tinha parado para prestar atenção nessas coincidências da língua portuguesa?

Gostou? Dê um like, compartilhe!!

Até mais!

 

Please reload

Siga
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square