Please reload

Posts Recentes

Sala de gravação: problemas e soluções

14 Mar 2016

Olá, amigos! Tudo certo com vocês?

 

Hoje vamos falar sobre sala de gravação, assunto que gera muita dor de cabeça, principalmente para quem trabalha com home studio em ambientes não muito silenciosos.

 

Considerando que esteja começando na profissão, provavelmente não tenha sala acusticamente apropriada para gravação, mas não se preocupe, todos passamos por isso.

 

Via de regra, não tendo sala própria para gravação não devemos escolher o microfone mais sensível. E microfone de menor sensibilidade não significa que seja de qualidade inferior, que isso fique claro!

 

O importante é entender que existem dois tipos de microfones mais usados em nosso meio: os eletrostáticos (capacitivos ou condensadores) e os eletrodinâmicos ou simplesmente dinâmicos.

 

Os microfones condensadores são os mais sensíveis, o que os torna inadequados para gravação em salas sem tratamento acústico (assunto para outro artigo).

 

Muitos vão dizer:

 

“mas me falaram que o microfone condenser XYZ é o melhor nessa faixa de preço”.

 

Pode até ser melhor quando utilizado em um estúdio profissional, mas homestudios normalmente são deficientes, tanto no tratamento quanto na isolação acústica, que diga-se de passagem, são coisas diferentes (assunto para outro artigo J). Assim, o melhor microfone para o seu “estúdio” pode não ser melhor para o meu. Com o passar do tempo seu ouvido se tornará a melhor ferramenta de trabalho para esse tipo de avaliação.

 

Então, aconselho fortemente, como primeiro microfone, que seja um do tipo dinâmico. O motivo é justamente a menor sensibilidade em captar o indesejável, ou seja, o som da sala em que você se encontra. Existe uma grande variedade de modelos de microfone dinâmico USB que ligado a um computador vai lhe atender muito bem, sem necessidade de mais nenhum hardware.

 

Caso possua um mic do tipo condenser, deverá ter mais cuidado para gravar, já que a sensibilidade desses microfones faz com que ele capte mais ambiência da sala que o desejável.

 

Escolha sempre o horário mais silencioso do dia para gravar, o que ocorre normalmente à noite.

 

Uma técnica bastante eficaz para trabalhar em casa é gravar de costas para o guarda-roupas aberto. O mic apontado para o guarda-roupas não receberá tanta informação sonora da sala, que será absorvida pelas roupas, assim você resolverá parte dos problemas acústicos. Os ruídos externos serão apenas minimizados, pois estão no mesmo ambiente da gravação; só serão eliminados quando gravar em sala ou cabine acústica.

 

Existem softwares que ajudam a minimizar boa parte dos problemas de gravação, mas nenhum programa é melhor que uma gravação em sala adequada.

 

Boas gravações e até o próximo post.

 

 

 

Foto: Reprodução/Flickr

 

 

 

 

Please reload

Siga
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square